WordPress Theme built by Shufflehound. Cena Universitária Nacional de Brasília ©

ADUBO OU A SUTIL ARTE DE ESCOAR PELO RALO

Rindo da desagradável impossibilidade de controlar a morte, Adubo ou a Sutil Arte de Escoar pelo Ralo conduz o público a questionar a vida. O espetáculo coloca a morte em xeque ao apresentá-la com pulsação e intensidade em cenas distintas e em ritmo frenético em uma narrativa não-linear. A dramaturgia parte do atropelamento de um cão para trilhar variações sobre a morte e como a encaramos. Ora arrancando risos encabulados, ora suspendendo a respiração do público via poesia, entre o fúnebre e o lírico, o espetáculo debate questões como a existência de Deus, a certeza da morte e o medo.

ADUBO é uma criação coletiva de quatro atores brasilienses e direção eficiente do uruguaio Hugo Rodas. Com cenário e atores premiados, admirável talento e preparo técnico, Adubo já se apresentou em mais de 35 cidades brasileiras e grandes festivais nacionais e internacionais. Fez temporadas em SP, RJ, Curitiba e Brasília, figurando entre as melhores produções do teatro candango da década. Poético e inquietante, sutil e escrachado, ADUBO promete a catarse em sua forma plena.

diretor do espetáculo Hugo Rodas

diretora de criação Márcia Duarte

companhia TUCAN

assistente de direção Natália Vooren

cenografia Sônia Paiva

produção Pedro Martins

iluminação Hugo Rodas

autoria Elenco

elenco e concepção André Araújo, Juliano Cazarré, Pedro Martins e Rosanna Viegas

stand in Abaete Queiroz

trilha sonora Elenco

figurinos Elenco com apoio de Sônia Paiva

operador de luz Caetano Maia

operador de áudio Hugo Rodas

Espetáculo de encerramento
Onde e quando assistir?
22/11 às 20h na Funarte, Eixo Monumental, Setor de Divulgação Cultural, Lote 2, entre a Torre de TV e o Clube do Choro.
Ingressos
Os ingressos podem ser adquiridos na semana do evento diretamente na bilheteria do teatro.
Categories